0800 707 5900 35 3729-9929 comercial@soitic.com

Entenda tudo sobre a NR6: Equipamentos de segurança individual

18/03/2021
Entenda tudo sobre a NR6: Equipamentos de segurança individual

Proteja e garanta a integridade dos seus trabalhadores com os EPIs. Conheça a norma que regula o uso.


Conheça os pontos essenciais da Norma Regulamentadora 6 e o que ela fala sobre os EPIs.

Um ponto crucial para a Saúde e Segurança do Trabalho são os Equipamentos de Proteção Individual. A Norma Regulamentadora que  padroniza o uso e as diretrizes dos EPIs é a NR-06


Nesse documento é possível saber das obrigações da empresa e funcionários, todos os tipos de equipamentos existentes e também o Certificado de Aprovação (CA).

Os EPIs ajudam a garantir uma rotina saudável e segura para os trabalhadores e prevenir riscos ocupacionais e acidentes. Cada função tem seu tipo de equipamento de proteção específico. A seguir detalhamos os principais pontos que compõem a NR-06 e a aplicação dos EPIs.


Quais são os tipos de EPIs

A Lista completa de Proteção Individual, pode ser consultada diretamente na Norma Regulamentadora. Os tipos de EPIs se dividem em: 


EPI de Proteção para cabeça

Aqui entram os capacetes de segurança que protegem o crânio e face de riscos ligados a objetos, choques elétricos e fontes geradoras de calor que podem ocasionar um incêndio. 

Também nessa categoria está o capuz de segurança, que protege principalmente crânio e pescoço contra acidentes de origem térmica, respingos de produtos químicos, riscos de contato com partes giratórias ou móveis de máquinas.

 

EPI de Proteção para os olhos e face

Nessa categoria, encontram-se os óculos, protetor facial e máscara de solda. Entre os agentes que esses itens ajudam na proteção estão as partículas volantes, luminosidade intensa, radiação ultravioleta e infravioleta, respingos de produtos químicos.


EPI de Proteção auditiva

Os protetores auditivos podem ser circum-auriculares, de inserção ou semi-auriculares. Eles protegem o sistema auditivo de pressões sonoras superiores aos parâmetros estabelecidos na NR - 15, Anexos I e II.


EPI de proteção respiratória

Os purificadores de ar são utilizados para proteger as vias respiratórias de agentes como poeiras e névoas, fumos, radionuclídeos, vapores orgânicos e produtos químicos.

Entre seus tipos estão o respirador de ar, respirador de adução de ar, respirador de fuga.


EPI para proteção no tronco

Os equipamentos de proteção no tronco protegem contra os riscos de origem térmica, mecânica, radioativa e meteorológica ou umidade. São identificadas por vestimentas que oferecem proteção ao tronco e coletes à prova de balas.


EPI de proteção dos membros superiores

Nesse caso, encontram-se as luvas, creme protetor, manga, braçadeira, dedeira, entre outros, para a proteção dos membros superiores, como mãos, antebraços e braços.

Com esses EPIs os trabalhadores estão protegidos de possíveis choques elétricos, vibrações, objetos cortantes e perfurantes, agentes biológicos, térmicos e químicos.


EPI de proteção dos membros inferiores

Para proteger pés e pernas contra os agentes de risco, foram desenvolvidos calçados, meias, perneiras e calças contra quedas de objetos, choques elétricos, agentes térmicos, agentes cortantes e escoriantes, umidade e agentes químicos.


EPI de proteção do corpo inteiro

Além dos equipamentos específicos para cada parte do corpo, existem também os que o protegem como uma roupa. Como macacões, conjuntos, vestimenta de corpo inteiro.


EPI para proteção contra quedas com diferença de nível

O trava-queda e o cinturão são dispositivos de segurança para casos de trabalho em altura.


O que é obrigação da empresa e dos funcionários

As Normas Regulamentadoras falam sobre obrigações condizentes à empresa (empregador) e aos empregados. No caso da NR-06, entre alguns dos pontos que cabem ao empregador estão:


  • adquirir os EPIs adequados ao risco de cada atividade; (206.005-1 /I3)

  • fornecer ao trabalhador somente os equipamentos aprovados pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho; (206.007-8/I3)

  • substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado; (206.009-4 /I3); entre outros.


O tronco de um homem que está com um colete de proteção, segurando um capacete com as mãos vestidas de luvas de proteção também. Ao fundo, uma estrutura de indústria.O tronco de um homem que está com um colete de proteção, segurando um capacete com as mãos vestidas de luvas de proteção também. Ao fundo, uma estrutura de indústria.


Já das obrigações dos empregados quanto aos EPIs:

  • utilizar os EPIs apenas para a finalidade a que se destina;

  • responsabilizar-se pela guarda e conservação dos dispositivos de segurança;

  • fazer a comunicação ao empregador se ocorrer qualquer alteração que o torne impróprio para uso; 

  • seguir as determinações do empregador sobre o uso adequado.


Como vimos, a aplicação dos EPIs garante a segurança e integridade dos colaboradores das empresas e são cruciais para seu bom funcionamento. Saiba um pouco mais sobre os equipamentos de proteção no artigo “Tudo que você precisa saber sobre EPI’s”. 

Para uma gestão de Saúde e Segurança do Trabalho eficiente e ágil, o METRA WEB oferece um sistema de soluções completo e constantemente atualizado com as principais mudanças normativas do setor.

Fale com um de nossos consultores e encontre o software ideal para a gestão do seu negócio!


0800 707 5900 (Comercial)
(35) 3729-9929 (WhatsApp)

Acompanhe nossas redes
@metraweb_

https://www.facebook.com/metraweb
www.metraweb.com.br




Compartilhe essa postagem

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE